Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/01/20 às 20h39 - Atualizado em 6/01/20 às 10h47

Linhas do Entorno começaram a operar na Rodoviária de Brasília neste domingo (5)

COMPARTILHAR

Cerca de 250 mil passageiros passaram pelo local. A maioria dos entrevistados aprovou a mudança

 

O Terminal Metropolitano de Brasília (Touring) foi desativado neste domingo (5). Com isso, as linhas do Entorno passaram a ter o embarque e desembarque na plataforma D da Rodoviária do Plano Piloto, com 15 boxes para receber as sete empresas do semiurbano.

 

Com a mudança de local, os usuários do transporte do Entorno não precisam mais atravessar o Eixo Monumental. A medida trouxe mais agilidade e segurança.

 

“Eu moro em Águas Claras e preciso ir à Planaltina de Goiás para visitar a minha mãe. Com a desativação do Touring facilitou minha vida. Eu desço do metrô e subo para plataforma D para pegar a linha do entorno”, afirmou Isaque Bezerra, autônomo.

 

Dona Maria Helena de Brito também aprovou a mudança. A aposentada pega ônibus frequentemente para a Cidade Ocidental.  “Agora não preciso mais atravessar a rua, era muito perigoso. Eu demorava mais, porque esperava o sinal fechar para o pedestre passar. Agora ficou fácil, e seguro”, disse.

 

Apesar de ainda estar se acostumando com a ideia, Jean Carlos, que é motorista da UTB há cinco anos, comemorou a transferência das linhas para rodoviária. “Achei muito boa a mudança. Lá no Touring não tinha estrutura para gente, banheiro, um lugar para gente fazer lanche. Aqui na rodoviária temos muitas opções”, destaca Jean Carlos de Oliveira.

 

Com a operação das linhas do entorno na Rodoviária, houve alterações também nos locais de embarque e desembarque de algumas linhas do Transporte Coletivo Público do DF. Mas a maioria das linhas não sofreu nenhuma mudança como, por exemplo, a linha 116.1 que sai da Rodoviária com destino a W3 – L2 Norte, e que é utilizada pelo menos quatro vezes na semana pela Maysa.

 

“Eu não tive dificuldade alguma. Para mim, nada mudou. Hoje, achei bem tranquilo, embora seja domingo, espero que continue assim. Vamos acompanhar”, ressaltou Maysa Alves, produtora de eventos.

 

A mudança, anunciada pelo governo em dezembro de 2019, foi divulgada a população por meio de cartazes afixados no Touring, na rodoviária do Plano Piloto e dentro de alguns ônibus do entorno, posts foram publicados nas redes sociais do governo, da Semob e da ANTT, além de matérias nos sites oficiais e reportagens feitas pela imprensa. Hoje, os usuários contaram ainda com o apoio de técnicos da Semob e da ANTT para dar orientações, além dos guichês das empresas.

 

“Eu rapidamente me orientei qual o lugar que deveria pegar o ônibus. Não senti dificuldade para achá-lo. Eu pegava no boxe sete, a partir de hoje pego no dez da plataforma E”, afirmou Tainá costa, vendedora.

 

Embora o primeiro dia de operação tenha sido tranquilo, sem grandes intercorrências, apenas alguns atrasos de ônibus, alguns passageiros ainda estão preocupados e preferem aguardar mais tempo para avaliarem as mudanças. “Começou hoje, ainda não tenho como falar se achei bom ou ruim. É melhorar esperar mais uma semana. Tomara que dê tudo certo”, acrescentou Alyne, que trabalha em um restaurante na Asa Sul.

 

A nova operação na rodoviária terá o acompanhamento diário de fiscais da Subsecretaria de Fiscalização, Auditoria e Controle (Sufisa) e da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT). Caso os passageiros do DF tenham algum problema, devem entrar em contato com a ouvidoria do GDF através do 162 ou pelo site www.ouv.df.gov.br. Já os moradores do entorno podem entrar em contato com a ouvidoria da ANTT pelo telefone 166, pelo e-mail ouvidoria@antt.gov.br e também pelo site da Agência. Dúvidas, reclamações, sugestões e elogios são sempre bem-vindos.

 

 

De volta à Rodoviária

 

Há cinco anos, o transporte interestadual semiurbano funcionava na Rodoviária do Plano Piloto. Em março de 2014, houve necessidade de reforma no prédio para receber os ônibus do Expresso DF Sul, o BRT do Gama e de Santa Maria. De início, os passageiros do entorno passaram a pegar os ônibus na plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto, mas logo em seguida, no mês de junho, o GDF providenciou o Touring para receber os ônibus das linhas semiurbanas.

 

Com área total de 3.908 m², o prédio do Touring foi alugado pelo GDF em 4 de junho de 2014. O contrato se expirou em 8 de dezembro de 2018 e desde então, o GDF ocupava o prédio mediante requisição administrativa.